29 de julho de 2014

Camelo Urbano Reflexões: Rio Pós Copa! (camelourbano.com.br)


Acabou a Copa do Mundo e agora vamos voltando a normalidade… O evento atrai milhares de turistas e seguiu sem grandes contratempos contrariando as previsões mais pessimistas.
Pelo contrário, o que se viu foi uma segurança espetacular na cidade… As pessoas circulavam tranquilamente sem preocupação pelos pontos turísticos. Para qualquer canto, inúmeros policiais vigiavam o movimento. A sensação era de que estávamos em outro lugar.
Mas foi só acabar a copa que tudo mudou. Como dizem por aí: Acabou o milho, acabou a pipoca… E agora, lugares que estavam antes guardados 24 horas/dia estão novamente abandonados.
Pedalar na Lagoa voltou a ser uma pequena aventura… sendo preciso estar 100% alerta.
O Baixo Gávea está abandonado novamente.Captura de tela 2014-07-26 às 10.08.14
No aterro, centro, botafogo… As hordas de policiais evaporaram, como num passe de mágica..
E uma pena ver essa mudança de padrão acontecer de uma forma tão radical.
Saímos do padrão fifa de segurança e voltamos para o padrão governo do estado/prefeitura.

Ir para o trabalho de bicicleta é a melhor parte do seu dia.

28 de julho de 2014

Camelo Urbano Reflexões: Ciclovias e cidades amigas dos ciclistas (Colunista Convidada)



Captura de tela 2014-07-25 às 19.02.32

O termo sustentabilidade vêm sendo muito usado ultimamente porque se trata de um passo em direção ao desenvolvimento. O conceito desta palavra na prática significa promover o uso equilibrado dos recursos naturais ou não, permitindo uma harmonia entre comunidades e meio-ambiente. 

Certamente encontraremos diversas definições para o mesmo termo mas o importante é colocar na prática o senso de viver adotando práticas sustentáveis. 


E uma delas e a mais fácil é usar meios de transporte que poluam menos o meio-ambiente. Para isso, as bicicletas são partes fundamentais porém sem as ciclovias, pedalar pode ser perigoso, principalmente em grandes cidades.  Quem não tem ou nunca teve uma bicicleta? Não precisamos nem dizem que é uma delícia pedalar, quem não tem uma boa lembrança da infância pedalando?


E se usássemos essas boas sensações para resgatar o prazer de pedalar e começar a usá-la para ir frequentar as suas atividades cotidianas, ir ao banco, ao supermercado, ao trabalho? Você já avaliou verdadeiramente essa possibilidade? Brasil sustentável  Hoje em dia é muito fácil ter uma bike, você encontra em lojas especializadas, em mercado de usados, amigos que não usam e querem vender e até mesmo em sites de compra e venda online é possível comprar uma bicicleta usada. 


E para estimular esse espírito eco-amigo, vamos conhecer algumas cidades no Brasil e no exterior que dão um ótimo exemplo no uso consciente dos meios de transporte.   Afuá – Para embasar essa ideia que além de prazerosa faz muito bem para a saúde, vamos conhecer uma pequena cidade no interior do Pará, que faz inveja à muitos centros urbanos brasileiros. 


A cidade se chama Afuá e possui somente 40 mil habitantes, é conhecida porVeneza da Ilha de Marajó, é estruturada por muitos canais e palafitas. Outro fato belíssimo é que não existem carros na cidade, inclusive porque quando chove o Rio Afuá chega até a transbordar, alagando as ruas e impossibilitando o tráfego de carros, por isso as bicicletas realizam todo o trabalho de transporte da cidade. Outra ideia super criativa que deu muito certo foi a criação do Bicitáxi, que consiste em um veículo de quatro rodas, porém não motorizado; na verdade é a junção de duas bicicletas, e serve como 

meio de transporte local. 

Rio de Janeiro – No Rio são mais de 355 km de ciclovias. Certamente a maior de todo o Brasil. É perfeito para quem quer distrair e fazer uma atividade física mas não interliga bem bairros e o centro. Portanto, não é ainda a ciclovia ideal para quem tem a intenção de ir trabalhar e voltar pra casa de bicicleta. Apesar disso segundo o Copenhagenize index de 2013, o Rio está no 12º posto como cidade amiga dos ciclistas. 


Amsterdam (Holanda)– definitivamente a cidade número um em ciclovias e ciclistas. Recebeu o título do Copenhagenize Index de 2013 como a cidade mais amiga dos ciclistas do mundo! O problema aqui é o excesso de bicicleta! 


Copenhagen (Dinamarca)- Em segundo lugar segundo o Copenhagenize Index de 2013, suas ciclovias possuem estruturas bastante uniformes e apesar disso, todo ano, novos projetos para aumentar a malha das ciclovias estão em andamento.



A convite do site da Camelo Urbano, aqui segue o post 
da colaboradora Paula sobre o tema da semana: "Brasil Sustentável". 
A Paula mora no exterior e escreve como freelance no seu tempo livre para sites e blogs.

19 de junho de 2014

Camelo Urbano Reflexões: Pedalar pelo Rio é sensacional


foto


Yes, Rio bike friends: nesses dias, por causa do Mundial do Brasil, houve um aumento de turistas circulando pela cidade. A bicicleta é uma máquina maravilhosa para turistas e cariocas redescobrirem a cidade. Muitas vezes a bicicleta nos transporta de forma mais agradavel que os carros que estressam qualquer um naqueles engarrafamentos interminaveis. Alem disso, pedalar deixa a alma mais leve e é nesse espírito que as amizades surgem: um cumprimento, uma troca de olhar, uma dica, um sorriso e a vida segue do jeito gostoso que deve seguir, entre uma pedalada e outra.

Em pouco tempo foi feito um esforço muito grande pela Prefeitura do Rio de Janeiro, ao assumir esse compromisso público de incentivar o uso da bicicleta. A partir da criação das zonas 30 de Copacabana, pode-se pedalar com muito muito mais tranquilidade pelas ruas quando queremos ir a praia, ou as lojas, escolas, academias e tudo mais que Copacabana possa oferecer. Com o carro seria impossível achar vagas com tanta facilidade. Muito ainda tem que ser feito.  

Apesar das iniciativas, ainda falta a instalação de uma rede ciclovias interligada. Isto seria bom para que o comércio crescesse e os ciclistas não se sentiriam obrigados a usar o carro em qualquer deslocamento pela da cidade. Por isso, o programa, Rio Capital da Bicicleta , tem apostado num aumento considerável da malha cicloviária da cidade e numa campanha de bom convivio entre ciclistas e pedestres.

30 de maio de 2014

Camelo Urbano Notícias: Se afogando em carros!

O Jornal dinamarquês Politiken dessa semana reportou que o mercado de carros cresceu mais que a taxa de natalidade no mundo. Esta notícia é um tanto quanto perturbadora. As informações do Politiken se basearam em uma pesquisa que está aqui e mostra o número de carros para cada 1.000 habitantes. Os detalhes desse levantamento estão no gráfico abaixo.
Se fossemos considerar as previsões para o ano 2035 o cenário é mais alarmante ainda!!!
A notícia abaixo demonstra o como temos que evoluir e lutar para uma mudança radical de mentalidade. E aí não estamos falando só do Brasil. O que precisamos nesse momento, é de uma cidade que seja pensada para todos e com menos carros nas ruas!

Ir para o trabalho de bicicleta é a melhor parte do seu dia.

23 de maio de 2014

Camelo Urbano Notícias: Visite nosso site

Não deixe de visitar o site mais completo sobre a ifra-estrutura cicloviária. Visite o site da Camelo Urbano: 



Ir para o trabalho de bicicleta é a melhor parte do seu dia.

30 de setembro de 2013

Camelo Urbano Viagens: Nova York - Adeline, uma loja dedicada ao ciclismo urbano

Mês passado fizemos uma viagem rápida a Nova York e aproveitamos para buscar novidades ligadas ao ciciclismo urbano.



Do lado do nosso hotel, tinha uma loja incrível, chamada Adeline Adeline. O grande diferencial dessa loja é que todos os produtos vendidos lá são inteiramente voltados para o ciclismo urbano. Além de bicicletas vintage super charmosas, encontramos acessórios incríveis, como bolsas, cestinhas, capacetes e etc...


Já na vitrine foi amor a primeira vista! 




Muitas variedade de cestinhas....


  
Bicicletas seguindo a linha dutch bike.


Linha infantil.

A Adeline Adeline fica na 147, Reade Street e super recomendamos uma visita! :-)

Ir para o trabalho de bicicleta é a melhor parte do seu dia.

25 de setembro de 2013

Camelo Urbano Cartilha: boas notícias vindas da OAB-SP, vamos divulgar!

Fonte: as bicicletas

Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de São Paulo, em iniciativa inovadora, lançou uma cartilha de direitos e deveres dos ciclistas.

simultaneamente ao lançamento da cartilha, ocorreu um seminário intitulado “Acesso Universal à Cidade e a Tutela Jurídica do Meio Ambiente Artificial”, com palestras diversas, inclusive do festejado jurista Celso Fiorillo, um dos mais brilhantes especialistas em direito ambiental do brasil.
a cartilha não inova no que tange aos direitos dos ciclistas, que quemd pedala por aí já aprendeu e conhece de cor. mas acrescenta textos valiosos acerca da bicicleta nas cidades, em especial um texto de Celso Fiorillo intitulado “Direitos dos Ciclistas no Âmbito das Cidades Sustentáveis em Face do Direito Ambiental Braileiro”, que traz dados importantes acerca do enquadramento do ciclista a partir do ponto de vista da dignidade humana e traz ferramentas jurídicas acerca da participação do ciclista no planejamento das cidades.
e aí a importância da participação dos ciclistas junto ao poder público de forma transparente, pois sempre há o governante pilantra que quer fazer as coisas ao seu modo e simula participação popular para aparentar cumprir a legislação.
vale a leitura!


CONCLUSÃO


O projeto “Cartilha de Direitos do Ciclista" da OAB-SP reúne regras de segurança, dicas de uso, mobilidade urbana, entre outras questões importantes no processo de racionalização do trânsito de bicicletas.

clique aqui e acesse o arquivo.

Ir para o trabalho de bicicleta é a melhor parte do seu dia.

Camelo Urbano Filmes: Breeze bike rides for women


Ir para o trabalho de bicicleta é a melhor parte do seu dia.

Camelo Urbano Filmes: Tuinenbalkon.nl - Dutch Guerilla Bicycle Gardens



Tuinenbalkon.nl - Dutch Guerilla Bicycle Gardens from Tuin & Balkon on Vimeo.
Ir para o trabalho de bicicleta é a melhor parte do seu dia.